InBrasCI - Verbete Wikipédia

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Entrega da Medalha Major Portugal.

Entre os agraciados com a Medalha Major Portugal - Comemorativa dos 200 anos da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro - 2009, estão Marilza de Castro e Andréia Donadon Leal.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Governadora InBrasCI-MG receberá título Poeta Honoris Causa -

Placa em aço inox


A poeta e artista plástica mineira, Andréia Donadon Leal, receberá Placa do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa - como POETA HONORIS CAUSA, em razão da excelência de sua obra poética, papel na integração e no alargamento do idioma em face da globalização, com olhos humanitários. A Placa de aço será entregue na solenidade de posse dos Membros Fundadores da Academia de Letras do Brasil - Mariana-MG e outorga da Medalha do InBrasCI-MG, no dia 30 de maio, às 19:30, no auditório do ICHS, UFOP, Mariana, pela Presidente do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa, Sílvia Lourdes de Araújo Motta e Conceição Piló - Secretária do CBLP e Curadora do Palácio da Liberdade.

Andréia Aparecida Silva Donadon Leal – Déia Leal
Déia Leal, nome artístico de, Andréia Aparecida Silva Donadon Leal, filha de Edson Batista da Silva e Maria Aparecida Ferreira da Silva; artista plástica, poeta, cronista e contista. Licenciada em Letras pela UFOP, Bacharel em Estudos Literários e Pós-graduada em Artes Visuais – Cultura & Criação. Natural de Itabira, MG, cresceu em Santa Bárbara - MG e atualmente reside em Mariana –MG. Diretora e ilustradora do Jornal Aldrava Cultural. Membro Correspondente das Academias de Letras: Rio – Cidade Maravilhosa, Academia Maceioense de Letras, Academia Brasileira de Poesia Casa Raul de Leoni, Academia Cachoeirense de Letras; Membro Nacional da Academia de Letras do Brasil, Embaixadora Universal da Paz pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz & Universal Peace Embassy (Genebra – Suíça) e Governadora do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais em Minas Gerais. Escreve contos, crônicas e poesias para o Jornal Aldrava Cultural desde 2002. Publicou o livro de Haicais “Nas Sendas de Bashô” em 2005 com a senda I – Quase! Publicação de Contos em Prosa Gerais – Antologia – Clesi - Ano 2006. Publicação de Poesias em “Poesias de Bolso” – Clesi – 2005, 2006 e 2008. Publicação de poemas e contos em Revistas Culturais Eletrônicas no Brasil, Chile, Espanha e Argentina. Publicação do Livro de Poesias “Cenário Noturno” em 2007. No prelo livro de Contos: “Flora: amor e demência”. Participou da Antologia ME 18 - 2008. Premiada em diversos concursos estaduais e nacionais de contos. 1º lugar no Concurso Nacional de Poesias “Prêmio Cataratas” - 2006 – Foz do Iguaçu - Paraná. Obra: Anjos da Terra. Participou de exposições coletivas internacionais representando Minas Gerais na Espanha, Itália, Áustria, Polônia, Alemanha, República Dominicana, China, Tailândia, França e individuais na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade; Salão Nobre da Câmara Municipal de Santa Bárbara, Pinacoteca da Universidade Federal de Viçosa; Museu Alphonsus de Guimaraens, Centro Cultural Pró-Música, e outras instituições culturais.

sábado, 23 de maio de 2009

Convite Oficial do 8° Circuito Literatura do CLESI - IPATINGA




CONVITE OFICIAL DA ENTREGA DE PRÊMIOS DO 8° CIRCUITO DE LITERATURA DO CLESI E LANÇAMENTO DE LIVROS - 2009


RELAÇÃO DOS VENCEDORES

O CLESI divulga a relação dos vencedores dos prêmios do 8º Circuito de Literatura do Clesi, edição 2008. Parabéns a todos os participantes e vencedores!

Vencedores dos prêmios do 8º Circuito de Literatura do Clesi

6º Prêmio Nacional de Poesia – Cidade Ipatinga
1º lugar - Do tempo enfeitado de azul, de Marcelo Rocha, de Governador Valadares-MG
2º lugar - Quando o outono vier, de Augusto Sérgio Bastos, do Rio de Janeiro-RJ
3º lugar - Ofício de Angústias, de Santos Peres, de Avaré-SP

Menção Honrosa
Era rima a tua carne, de Frederico Spada, de Juiz de Fora-MG
O Quintal, de Fabrício Pires Fortes, de Santa Maria-RS
A face do beijo, de Alzira Maria Umbelino, de Belo Horizonte-MG
Quaresmeiras e outras paixões que não roxeam, de Éder Rodrigues, de Belo Horizonte-MG.

23º festival estadual de Poesia

1º Lugar - Diários de Entomofagia, de Simone Eberle, de Ipatinga - MG
2º Lugar - Mulheres Sacrossantas, de Luiz Dias Vasconcelos, de Sete Lagoas - MG
3º Lugar - Jejum, de Éder Rodrigues, de Belo Horizonte - MG
4º Lugar - Dias Áridos, de Adriano Alcântara, de Passos - MG
5º Lugar - Sexo Verbal, de Jhonatan de Souza Oliveira, de Coronel Fabriciano - MG

7º FESP Destaque Infanto-Juvenil

Categoria de 08 a 11 anos
1º Lugar - Ser Criança é..., Kiara Lacerda de Lacerda, de Belo Oriente – MG
Colégio São Francisco Xavier
2º Lugar - Recado Urgente, Quéren Hapuque Viega Pereira, de Governador Valadares – MG
E. E. Pedro Ribeiro Cavalcante Filho
3º Lugar - O Artista Deus, de Samantha Oliveira Brum, de Ipatinga – MG
Colégio São Francisco Xavier

Categoria de 12 a 15 anos
1º Lugar - O Farol, de Fernanda Aguiar Tavares, de Belo Horizonte – MG
E. M Salgado Filho
2º Lugar - Juventude, de Liridiow Ferreira Costa, de Governador Valadares – MG
E. E.Pedro Ribeiro Cavalcante Filho
3º Lugar - Para ela eu disse adeus, de Nélio Carvalho Soares, de Governador Valadares – MG
E. E.Pedro Ribeiro Cavalcante Filho

8º Concurso Estadual de Contos

1º lugar – Cataclisma, de Ligia Pôrto, de Belo Horizonte-MG
2º lugar - Diário de Um Real Imaginário, de Andreia Donadon Leal, de Mariana-MG
3º lugar – Mimo, de Alzira Maria Umbelino, de Belo Horizonte-MG


Clube dos Escritores de Ipatinga
Tel.: 31-3822.3876 / 8673.2532
http://www.clesi.com.br/

clesi@clesi.com.br – clesi.ipatinga@terra.com.br

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Mulher de Minas 2009- Mérito Cultural do InBrasCI-MG

Composição da Mesa: Ângela Togeiro, Andréia, Marilza, Dr. Luiz Carlos Abritta (Desembargador), Conceição Abritta, Presidente AFEMIL, Maria Laura, Elizabeth Rennó e Presidentes Eméritas da AFEMIL
Acadêmicos e convidados

Marilza de Castro (Presidente InBrasCI), Presidente da Associação Mineira de Imprensa, jornalista Wilson Miranda e Vanise Buarque (Secretária Geral da ABT- RJ)


Marilza de Castro entrega Certificado de Mérito Cultural a Conceição

Governadora em Minas do InBrasCI homenageia Conceição Abritta




MÃE AFEMIL 2009 E PALESTRA NA ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS

Em um clima de confraternização e louvor à imagem da Mãe 2009, a Academia Feminina Mineira de Letras, realizou a reunião festiva no dia 21 de maio de 2009. Conceição Piló passou o cargo de Mãe AFEMIL-2008, a Conceição Parreiras Abritta, declamando magistralmente poemas e falando sobre a vida literária da homenageada do ano de 2009. Depois outras acadêmicas leram poemas e falaram sobre a importância da Conceição Parreiras Abritta na cenário literário mineiro e seu amor incondicional como mãe, mulher e amiga. Conceição Parreiras Abritta também recebeu da Governadora do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais de MG, Andréia Donadon Leal, a Medalha de Ouro e Diploma de Honra ao Mérito - Mulher de Minas 2009. O evento contou com a presença ilustre dos seus filhos, noras e esposo, Dr. Luiz Carlos Abritta, Membros da Academia Municipalista Mineira de Letras, Membros da Academia Mineira de Letras, poetas do Jornal Aldrava Cultural: Gabriel Bicalho, Dr. J.B. Donadon-Leal, J.S.Ferreira e a Presidente do InBrasCI, Rio de Janeiro, Dra. Marilza de Castro e Secretária-Geral da Academia Brasileira de Trovas-RJ, Vanise Buarque.
Após a solenidade, os convidados foram assistir a palestra do professor Roque Camêllo na sede da Academia Mineira de Letras. Ainda na AML, o grande escritor e colunista do Jornal Hoje em Dia, Manoel Hygino, lançou o livro “VARGAS – De São Borja – a São Borja”- volume que contém anotações colhidas sobre um personagem muito importante no cenário político brasileiro. Segundo o escritor, a obra é dedicada aos que acreditam na democracia e no homem; e muito especialmente aos que o ajudaram na consumação de seus projetos. Homenagem à Academia Mineira de Letras, centenária, Associação Nacional dos Escritores, cinqüentenária em 2010 Academia Montesclarense de Letras; Academia de Letras, Ciências e Artes do São Francisco e a todos os que contribuem para dar ao cidadão a verdadeira imagem deste país.




Homenagem do INBRASCI-MG a Conceição Parreiras Abritta


MULHER DE MINAS 2009 PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE CULTURAS INTERNACIONAIS-MG


Uma TROVA DO LIVRO ROSAS:

Soltei o teu nome ao vento...
E o vento, só por maldade,
repete a todo momento
o nome desta saudade.
Conceição P. Abritta

Andréia Donadon Leal


Em Gênesis, a mulher é a companheira adequada do homem, complementa o sentido de ser homem; feita por Deus, tirada da costela do homem. O tórax é a sede das emoções humanas. Temos aí, um sentido de ser Mulher. A mulher equilibra, domina melhor as emoções humanas, contorna situações de modo indireto, é mais afetiva, é ternura, suporta mais fácil as dores e as frustrações do dia a dia. A mulher é escolhida por Deus para ser ternura, para ser o oásis da família. É conciliadora e consoladora.
A mulher tem inteligência emocional intuitiva, uma visão de mundo subjetiva, rica de detalhes, solícita para perceber e intervir nas situações, fazendo acontecer às coisas, dando um jeitinho feminino e entrando pela via do coração que conhece razões que a própria Razão desconhece ... Esse é o pensamento 277, de Blaise Pascal (1623-1662), filósofo, matemático e físico francês, que criou uma das afirmações mais pronunciadas pela humanidade nos séculos posteriores. Frase de sua doutrina filosófica: o raciocínio lógico e a emoção. AOS PÉS DA CRUZ - Música de Marino Pinto – Zé da Zilda- interpretada por João Gilberto.(grandes intérpretes da BOSSA NOVA)

Ser Mulher, ser feminina por opção pessoal, é uma necessidade para a identidade psicológica da Mulher, e como tal, adquire um modo próprio de ver a vida, de sentir a vida e de escolher prioridades, parceiros adequados, profissões, missões existenciais de vida coerentes com o sentido de seu jeito de ser, de existir.

Conceição Parreiras Abritta nasceu em Crucilândia, MG, reside em Belo Horizonte. Formada em Magistério, Letras, Canto Orfeônico e Literatura Infantil. É acadêmica efetivas nas Academias Municipalista de Letras de Minas Gerais, Academia Feminina Mineira de Letras, no Instituto Histórico e Geográfico de MG e na União Brasileira dos Trovadores – seção de Belo Horizonte, onde foi Presidente eleita, durante três biênios seguidos. Hoje é Presidente Emérita da UBT – BH e ocupa cargo nas Diretorias de todas as entidades. Publicou dez livros, entre contos, poemas e um romance. Seu nome consta em várias importantes Enciclopédias de Literatura e Dicionários de Escritores. Possui muitas premiações literárias.
Conceição Parreiras Abritta também contribui mensalmente com a publicação de Trovas no Jornal Aldrava Cultural, enriquecendo as edições ininterruptas da Primaz de Minas – cidade de Mariana. Além de ter um relevante trabalho cultural no estado de Minas Gerais e no país, Conceição representa uma mulher de garra, de fibra, de coragem, no amor à literatura, a arte e a família.
Um inverno caiu na alma da poeta que na penumbra do seu posto, estática, observa a natureza. A brisa soprando frio em seu destino, levantando a poeira do seu nada. Coração cortado, sangue fluido. E o inverno chega para Conceição, batendo forte, brotando de todos os lados e se misturando ao orvalho. Desce dos píncaros dos morros, cobre as relvas das encostas. A aurora vai chegando de mansinho para Conceição... A geada prestes a chegar, segue em outra direção. A neblina some, a bruma se desfaz, o vento pára de soprar e o Astro-rei mostra sua força no inverno de Conceição. É outro dia... um novo amanhecer.
No inverno de Conceição, o brilho do sol aquece sua imaginação, apagando as intempéries do viver. (Fragmento do poema publicado na Antologia Mulheres Emergentes – edição 18-2008- organização: Tânia Diniz)

Descobrir a vida, a missão existencial de ser Mulher no mundo de hoje... O sentido de ser namorada, de ser esposa, de ser mãe, de ser profissional... O sentido da vida! Essa é Conceição Parreiras Abritta, a MULHER DE MINAS – 2009.

terça-feira, 19 de maio de 2009

25° Cantando Alphonsus - Mariana



Clique duas vezes na imagem.


PARTICIPEM DO 25° CANTANDO ALPHONSUS


MARIANA:


RUAS LUAS DE ALPHONSUS


DIA 22 DE MAIO DE 2009 -


DAS 19 ÀS 22 h


ITINERÁRIO: Casa de Cultura, Praça da Sé e Museu Casa Alphonsus de Guimaraens.


Sua presença é importante!
Edição especial do Jornal Aldrava Cultural n° 76: ALPHONSUS DE GUIMARAENS

FAMÍLIA


Família
Cristina Buarque envia


Só pelo significado da palavra Família em inglês, já valia o envio,como ainda existe a possibilidade de haver um milagre!!!!!
O que significa a palavra 'Família'? Você tem consciência que se morrêssemos amanhã, a firma onde trabalhamos nos substituiria rapidamente? Mas a família que deixamos para trás, sentirá a nossa falta para o resto das suas vidas. Pensando nisto, já que perdemos mais tempo com o trabalho do que com a família, parece um investimento muito pouco sensato, não acha? Afinal, qual a moral da história? Você sabe o que significa a palavra Família em inglês? 'FAMILY = (F) ATHER (A) ND (M) OTHER (I) (L) OVE (Y) OU' 'Pai e Mãe Eu amo Vocês' !

Dizem que se passarmos esta mensagem acontece um milagre....

Eu achei esta mensagem muito bonita, curtinha, e depois, quem é que não precisa de um milagre? Aproveite!!! Deus abençõe você e toda sua 'Família'

"Um homem nunca atravessa um rio duas vezes. Na segunda, já não é o mesmo rio, nem o mesmo homem."

As coisas acontecem na hora certa.Exatamente quando devem acontecer!Momentos felizes, louve a Deus.Momentos difíceis, busque a Deus. Momentos silenciosos, adore a Deus. Momentos dolorosos, confie em Deus.Cada momento, agradeça a Deus.

Cristina Buarque

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Semana Nacional de Museus- Ouro Preto e Mariana

AGENDA - OURO PRETO

Confira a programação da Semana Nacional de Museus para esta segunda-feira, dia 18 de maio:

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS
DIA INTERNACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL
DIA DA CAMPANHA CONTRA A VIOLÊNCIA, ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS

Museu
12h às 21h – Museu da Inconfidência aberto à visitação pública, com intervenções teatrais e circenses. Entrada Franca.

Tenda
14h – Intervenção pelos usuários do Serviço de Saúde Mental de Ouro Preto
Apresentação do Coral “Os Cavaleiros da Lua”
Mostra de trabalhos resultantes das Oficinas Terapêuticas


Santuário de Nossa Senhora da Conceição
17h - Cortejo do Sistema de Museus de Ouro Preto
Saída da Igreja de N. S. da Conceição de Antônio Dias, com participação do Grupo Moçambo Rico.
Parada na Praça Tiradentes - lançamento do Informativo nº5 do Sistema de Museus de Ouro Preto e Coroação de Nossa Senhora.

Museu
18h – Coroação da Nossa Senhora da Conceição nas escadarias internas do Inconfidência com participação do Grupo alunos da APAE – Ouro Preto


Após a Coroação o Cortejo será finalizado na Matriz de Nossa Senhora do Pilar:
- Apresentação da Escola de Música Cônego Simões
- Homenagem ao Cônego José Feliciano da Costa Simões e Entrega de Medalhas

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

MUSEU "CASA ALPHONSUS DE GUIMARAENS". MARIANA - MG

Convite
SEMANA DE MUSEUS 2009

Museus e Turismo
Maio -17 a 23 - Semana de Museus – 2009
17/05
16h – Abertura da SemanaTeatro: Alphonsus – um elogio ao poeta do luarCômica Cia de Teatro
Oficinas: de 19 a 21/05 das 14 às 17h
I – Mariana: Ruas – Luas de Alphonsus – o poeta, a terra e as gentes sob a ótica das novas mídias
Ministrantes: Ana Cláudia Rôla Santos e Elias do Carmo Figueiredo
Número de vagas: 15Público alvo: Professores, profissionais de turismo e estudantes
18 a 21/05
9 às 12h
II – Mariana: Ruas – Luas de Alphonsus – calendas – sendas do poetaConfecção de folder, cartão e calendários
Ministrantes: Ailton Fernandes, Ana Cláudia Rôla Santos e Anna Gabriela Marques
Público alvo: adolescentes a partir de 15 anos.Pré-requisito: conhecimento básico de informática
22/05
19:00h - Sarau : 25ª CANTANDO ALPHONSUS – nas ruas - luas de Mariana
*23/05
16h - Alphonsus – um elogio ao poeta do luarCômica Cia de Teatro
Inscrições e Informações: Museu Casa Alphonsus de Guimaraens – Rua Direita – 35 – Centro – Mariana – MG – tel: (31) 3557-3259
· Senhas serão distribuídas 30 min antes do espetáculo
Segunda, 18/05, Dia Nacional dos Museus, o Museu Casa Alphonsus de Guimaraens abrirá de 9 às 15h Paulo DiasMuseu Casa Alphonsus de Guimaraens

FEMUP - 44° Festival de Música e Poesia de Paranavaí e 41° Concurso Literário de CONTOS

UM DOS MAIORES CONCURSOS NACIONAIS DO PAÍS:
PARTICIPEM!! DIVULGUEM!!
F E M U P
44º Festival de Música e Poesia de Paranavaí
41º Concurso Literário de Contos
Dias 12, 13 e 14 de novembro de 2009

01 - Da promoção:
O FEMUP é uma promoção da Prefeitura de Paranavaí através da Fundação Cultural, com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura.

02 - Da realização:
O Festival será realizado nos dias 12, 13 e 14 de novembro de 2009 a partir das 20h no Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa.

03 - Dos objetivos:
Promover e intensificar intercâmbios de natureza artístico cultural; descobrir e valorizar novos talentos.

04 - Das inscrições:
a) PODERÃO INSCREVER-SE TODOS OS ARTISTAS RESIDENTES OU NASCIDOS NO TERRITÓRIO NACIONAL;
b) Inscrições abertas até o dia 29 de agosto de 2009;
c) Para inscrição, conta-se a data de postagem dos trabalhos;
d) Cada autor poderá inscrever até 02 trabalhos inéditos, por categoria;
e) Para a inscrição dos trabalhos, deverão ser enviadas:
06 cópias de cada trabalho apenas com o nome da obra e pseudônimo do autor.
Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
Atenção: Para cada modalidade deverá ser preenchida uma FICHA distinta;
COLOCAR TUDO DENTRO DE UM MESMO ENVELOPE.
f) O mesmo pseudônimo deve ser utilizado para todos os trabalhos e em todas as categorias;
g) Os Contos não deverão exceder a 10 (dez) folhas;
h) Todas as músicas inscritas deverão ser gravadas em CD (gravação de boa qualidade para, caso classificação, compor o CD do Festival);
j) Os trabalhos deverão ser enviados para:

Fundação Cultural de Paranavaí
Rua Guaporé, 2080 - Cx. P. 511
CEP 87705-120 Paranavaí - PR

Informações: (44) 3902-1128 - cultura@fornet.com.br - www.novacultura.com.br

05 - Do julgamento dos trabalhos:
Serão formadas Comissões Julgadoras específicas para cada modalidade e as decisões tomadas por essas Comissões serão irrecorríveis.

06 - Da classificação
Música: 30 músicas, sendo 15 da fase Regional e 15 da fase Nacional;
Poesia: 12 poesias, sendo de 03 a 05 da fase Regional e de 07 a 09 da fase Nacional;
Conto: 08 contos, sendo 03 da fase Regional e 05 da fase Nacional.

Participam da fase Regional, as cidades que compõem a Regional de Cultura da AMUNPAR.
TODOS OS TRABALHOS CONCORRERÃO EM NÍVEL NACIONAL.

07 - Das apresentações:

Dia 12/11/2009 - Semifinal da Categoria Música:
Serão apresentadas as 15 músicas classificadas da fase Regional, onde serão classificadas de 03 a 05 para a finalíssima.

Dia 13/11/2009 - Semifinal da Categoria Música:
Serão apresentadas as 15 músicas classificadas da fase Nacional, onde serão classificadas de 07 a 09 para a finalíssima.

Dia 14/11/2009 - Finalíssima:
Apresentações das 12 músicas classificadas nas semifinais;
Declamação das 12 poesias classificadas;
Divulgação dos resultados de todas as categorias e entregas das respectivas premiações.

08 – Das declamações:
· Os declamadores serão escolhidos pela Fundação Cultural de Paranavaí, através do 16º Festival Zé Maria de Declamação;
· A declamação não poderá exceder o tempo máximo de cinco minutos e, para tanto, será permitida a fragmentação do poema.

PARA A CATEGORIA MÚSICA E DECLAMAÇÃO: O ARTISTA QUE NÃO COMPARECER SEM AVISO PRÉVIO DE 30 DIAS, FICA PROIBIDA SUA INSCRIÇÃO NO FESTIVAL SUBSEQÜENTE.

09 - Da ajuda de custo:
Todos os classificados receberão: alojamento, alimentação e ajuda de custo, conforme as distâncias entre as cidades de origem e Paranavaí:

R$ 100,00 para cidades até 200 Km;
R$ 150,00 para cidades até 400 Km;
R$ 250,00 para cidades até 800 Km;
R$ 500,00 para cidades distantes mais de 800 Km.

10 - Das disposições gerais:
Para inscrições na fase Regional, TODOS os envolvidos com o trabalho inscrito deverão residir nas cidades que compõem a Regional de Cultura da AMUNPAR;
Na categoria música, os selecionados na fase Nacional podem tocar para os da fase Regional e vice-versa. OBS: Somente tocar, não será permitido a participação, mesmo que em backing-vocal.
Na modalidade “Melhor Intérprete”, será escolhido o vencedor entre todos os concorrentes (fase regional e nacional) independente de ter sido premiado na modalidade composição musical;
Os documentos inscritos no Festival não serão devolvidos. Serão incinerados;
Vedada a dupla ajuda de custo em caso do autor classificar-se com mais de um trabalho ou em mais de uma categoria;
Vedada a dupla premiação na mesma categoria nos casos em que trabalhos da Regional forem premiados na fase Nacional;
Vedada a inscrição no festival subseqüente ao artista que provocar tumulto, de qualquer ordem, durante o evento;
Na categoria música é vedada a utilização de play-back ou qualquer recurso de programação musical, digital, eletrônica, etc.
Cabe à Comissão Organizadora do Festival responder pelos casos omissos neste regulamento;

CIDADES QUE COMPÕEM A REGIONAL DE CULTURA DA AMUNPAR
Paranavaí, Alto Paraná, Amaporã, Cruzeiro do Sul, Diamante do Norte, Guairaçá, Inajá, Itaúna do Sul, Jardim Olinda, Loanda, Marilena, Mirador, Nova Aliança do Ivaí, Nova Londrina, Paraíso do Norte, Paranapoema, Planaltina do Paraná, Porto Rico, Querência do Norte, Santa C. do M. Castelo, Santa Izabel do Ivaí, Santa Mônica, Santo Antônio do Caiuá, São Carlos do Ivaí, São João do Caiuá, São Pedro do Paraná, Tamboara e Terra Rica.



PREMIAÇÃO

MÚSICA:
Certificado de participação (para todas as classificadas); 05 Antologias FEMUP/2009 (para todas as classificadas); CD FEMUP/2009/Músicas (para todas as classificadas);
1º Lugar: R$ 2.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 1.700,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 1.300,00 + Troféu “Barriguda”
4º Lugar: R$ 1.100,00 + Troféu “Barriguda”
5º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu “Barriguda”

INTERPRETAÇÃO MUSICAL:
Melhor Intérprete: R$ 800,00 + Troféu "Barriguda"

POESIA:
Certificado de participação (para todas as classificadas); 10 Antologias FEMUP/2009 (para todas as classificadas); 01 CD FEMUP/2009/Poesias (para todas as classificadas);
1º Lugar: R$ 2.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 1.700,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 1.300,00 + Troféu “Barriguda”
4º Lugar: R$ 1.100,00 + Troféu “Barriguda”
5º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu “Barriguda”

CONTO:
Certificado de participação (para todos os classificados); 10 Antologias FEMUP/2009 (para todos os classificados);
1º Lugar: R$ 2.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 1.700,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 1.300,00 + Troféu “Barriguda”
4º Lugar: R$ 1.100,00 + Troféu “Barriguda”
5º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu “Barriguda”

DECLAMAÇÃO:
Certificado de participação (para todos os declamadores); 05 Antologias FEMUP/2009, (para todos os declamadores); 01 CD FEMUP/2009/Poesias (para todos os declamadores);
1º Lugar: R$ 800,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 600,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 500,00 + Troféu “Barriguda”
4º Lugar: R$ 300,00 + Troféu “Barriguda”
5º Lugar: R$ 200,00 + Troféu “Barriguda”
Os demais: R$ 50,00 cada um

PRÊMIO REGIONAL DE CULTURA DA AMUNPAR:

POESIA
Todas as classificadas receberão: 01 CD FEMUP/2009/Poesias e 10 antologias FEMUP/2009
1º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 800,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 500,00 + Troféu “Barriguda”

CONTO
Todos os classificados receberão: 10 antologias FEMUP/2009
1º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 800,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 500,00 + Troféu “Barriguda”

MÚSICA
Todas as classificadas receberão: 01 CD FEMUP/2009/Músicas e 10 antologias FEMUP/2009
1º Lugar: R$ 1.000,00 + Troféu "Barriguda”
2º Lugar: R$ 800,00 + Troféu “Barriguda”
3º Lugar: R$ 500,00 + Troféu “Barriguda”
-------------------------------------------------------------------------------------------------
FICHA DE INSCRIÇÃO

MODALIDADE: ( ) POESIA ( ) CONTO ( ) MÚSICA

(Atenção: Para cada MODALIDADE deverá ser preenchida uma FICHA distinta)

Título do Trabalho 1):

Título do Trabalho 2):

Nome do Autor:

Nome artístico do Autor:

Pseudônimo:

Endereço:

CEP: Cx. Postal:

Cidade: UF:

Telefone (indispensável) DDD: ( )

E-mail:

No caso da modalidade "Música":

Intérprete:

Breve Currículo (para todas as modalidades)



Esta ficha pode ser reproduzida.


AUTORIZAÇÃO

Autorizamos a utilização dos trabalhos relativos à música, conto ou poesia por nós inscritos no 44º FEMUP para publicação de livros, CD's ou quaisquer outros meios de divulgação do evento.
Declaramos conhecer e concordar com o regulamento deste Festival.

__________________,_____de____________de 2009.



Assinatura do autor
-------------------------------------------------------------------------------------------------

FOTOS EVENTO: PAZ E POESIA - 2009 -BH

Marilza de Castro, Andréia Donadon com as esculturas de Drummond e Pedro Nava
Poetas colocam flores brancas nas esculturas de Drummond e Pedro Nava

Poetas colocam flores brancas nas esculturas de Drummond e Pedro Nava



Andréia lê poesia para menino


J.S. Ferreira e Diana Mazzoni




Cortejo Poetas e Boi Rosado





Gabriel Bicalho entrega livros e cartões Paz e Poesia






J.S. Ferreira entrega livros







Andréia Donadon Leal entrega livros







Poetas pela PAZ E POESIA









Andreia, Sílvia Motta (Presidente do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa) Gabriel Bicalho e Marilza de Castro










Andréia escreve poesia na blusa de Sílvia Motta











Bilá escreve poesia na blusa de Clevane












Donadon escreve poesia na blusa de Andréia













Concentração Poetas pela PAZ E POESIA - 2009-BH





























MAIS FOTOS DO EVENTO: PAZ & POESIA 2009































Fotos Evento PAZ E POESIA - 2009

Antônio Carlos Dayrell, Marcus Llobus, Clevane Pessoa e Cláudio Márcio
Viko Uai Gomide declama (Santa Bárbara)

Andréia Donadon Leal recebe a Estatueta PAZ E POESIA -2009 pela Academia de Letras do Brasil-Mariana e InBrasCI-Minas Gerais


Gabriel Bicalho recebe Estatueta PAZ E POESIA pelo Jornal Aldrava Cultural


J.S.Ferreira declama poesia



MAIS FOTOS DO EVENTO: PAZ E POESIA - 2009






EVENTO PAZ E POESIA

Marilza declama Poesia pela Paz na sede da AMI
J.S.Ferreira declama poesia

J.B. Donadon-Leal declama poesia


Sarau Tropeiro


Auditório da Associação Mineira de Imprensa


Gabriel Bicalho, Wilson Miranda (Presidente da Associação Mineira de Imprensa) Andréia Donadon



Bilá Bernardes (Cônsul Poetas del Mundo-MG) Graça Campos, Iara Abreu, Gabriel Bicalho, Andréia Donadon Leal e Dra. Marilza de Castro (Presidente InBrasCI- Rio Janeiro)



Concentração dos Poetas PAZ E POESIA - Belotur



Concentração poetas PAZ E POESIA - Belotur




Gabriel Bicalho, Andréia Donadon Leal (Embaixadora Universal da Paz - Mariana) e Clevane Pessoa - organizadora do evento PAZ E POESIA ( Embaixadora Universal da Paz -BH)



EVENTO PAZ E POESIA-EDIÇÃO 2009 – BELO HORIZONTE

O evento POESIA E PAZ cumpre mais uma edição no ano de 2009. Desta vez, a convite de Gabriel Impaglione (Argentina) - foi incluído no mega evento mundial PALAVRA NO MUNDO (14 a 17 de maio/2009) e os Embaixadores da Paz, presentes, nomeados pelo Cercle de Les Ambassadeurs Univer.de La Paix-Genebra, Suiça, /Orange França), Andréia Donadon de Mariana - MG, Ângela Togeiro – Belo Horizonte,Claudio Márcio Barbosa- Belo Horizonte e Clevane Pessoa – Belo Horizonte, comemoram o ANO DA FRANÇA NO BRASIL.

PAZ E POESIA foi realizado no dia 17 de maio de 2009, domingo, na capital mineira – Belo Horizonte, coordenado pela Embaixadora Universal da Paz em Genebra – Suíça e Diretora Regional do InBrasCI-MG em Belo Horizonte, Clevane Pessoa e demais membros da equipe , com participação efetiva de mais cem poetas e ativistas culturais das cidades de Belo Horizonte, Mariana, Santa Bárbara, Rio de Janeiro, Conselheiro Lafaiete e na doação de livros, poemas, CDs de poetas e grupos culturais do país.
Após a tradicional escrita de poesias nas camisetas brancas, os poetas iniciaram a marcha Paz e Poesia na Avenida Afonso Pena, acompanhados do BOI ROSADO, sob a coordenação de Severino Iabá, e diversas músicas folclóricas foram cantadas pelos participantes. Depois foram distribuídos milhares de livros e poemas aos freqüentadores da feira de artesanato, artesãos, militares e fiscais na Avenida Afonso Pena pelos poetas participantes que saudavam os presenteados com mensagens de Paz, harmonia e falavam sobre a importância do livro e da leitura.
O evento terminou na sede da Associação Mineira de Imprensa (AMI), espaço generosamente cedido pelo Presidente , o jornalista Wilson Miranda e Vice-Presidente, Carlos Lúcio Gontijo, que ofertou diversos livros de sua autoria aos poetas participantes. Foi realizado um sarau lítero musical com performances e em seguida entidades e associações que contribuíram desde a primeira edição do evento PAZ E POESIA, foram agraciadas com a estatueta POMBA DA PAZ, mascote do evento, criado pelo advogado e Poeta Dr. Antônio Carlos Dayrell de Lacerda Gontijo.
Os poetas aldravistas da cidade de Mariana, Gabriel Bicalho, Andreia Donadon Leal J.B. Donadon-Leal, J.S.Ferreira e a Presidente do InBrasCI-Rio de Janeiro, Dra. Marilza de Castro foram agraciados com a estatueta POMBA DA PAZ.




EM BUSCA DA PAZ

POEMA DE ANTÔNIO CARLOS DAYRELL DE LACERDA GONTIJO


A Memória de Pierre Weil*


Pela paz soltaram as pombas do cativeiro,
um ano foi especialmente dedicado.


Pela paz construíram as armas,
homens perderam suas vidas,
famílias se viram destruídas.

Pela paz criaram a ONU, a OTAN
e o Pacto de Varsóvia.


Alinharam forças e fizeram alianças.


Pela paz ameaçaram a paz,
Multidões saíram às ruas.

Pela paz desenvolveram a tecnologia
e construíram as bombas.


Pela paz envolveram a humanidade em temor,

Assinaram os tratados.

Pela paz emparelharam armas.


Confrontaram-se.


Pela paz HIROSHIMA E NAGASAKI foram arrasadas.


Tudo isso,
uma simples palavrinha,
que se esqueceram de viver em paz
e não somente pela paz.



* Professor Ph.D., escritor, com mais de 40 livros publicados, e psicólogo-educador francês, radicado no Brasil. Criador da Universidade Internacional da Paz - UNIPAZ. Pregou a descoberta dessa paz interior na interação do indivíduo em suas relações sociais com o meio ambiente. Faleceu no dia 10-10-2008 em Brasília, sede da UNIPAZ.




















Antônio Carlos Dayrell



















































quarta-feira, 13 de maio de 2009

Texto de Waldo Luís Viana -

Artur da Távola


Artur faleceu em 9/05/2008 e era um grande
amigo e mestre. A minha recordação e singela
homenagem...

ARTUR DA TÁVOLA

“Imagino Artur entrando no céu:
- Licença, seu moço...
Entra, Artur, você não precisa pedir licença.”

Parafraseando Manuel Bandeira

Waldo Luís Viana*


Conhecido por seu temperamento nervoso e irrequieto, o cantor e compositor Tim Maia, perto da morte, dizia a seus amigos:
– Quando eu morrer, vão me chamar de gênio!
E o vaticínio deu certo. Depois de passar pela vida, até os que não gostavam dele compreenderam naquele grande compositor o espírito do menestrel inesquecível. Dizem que a morte ressalta as virtudes e ajuda a lavar as feridas e os débitos contraídos com os outros.
O caso de Artur da Távola é diferente. Todos tinham por ele a percepção de consenso sobre o inegável e triunfante talento. Autor multimídia, cultor e protetor das artes e da música, escritor de escol e político de rara sensibilidade – Artur da Távola era querido do mesmo modo por homens, mulheres, velhos e jovens, correligionários e adversários, doce, nobre e educada figura da vida contemporânea brasileira, que a todos encantava pelo concerto de suas idéias, comentários e conselhos.
Não era da minha geração. Conheci-o pela internet, por acaso, quando comentou alguma algaravia literária minha – que sou inconveniente em avançar por meandros inauditos, talvez como penetra de festa enriquecida, mesmo vendo as pegadas dos melhores escritores.
Sou apenas esforçado, mas não é que ele me lia e comentava com atenção? Quando discordava, oh! discrepância suave, sem alarde, com aquele contentamento descontente que serviu a Camões, mas sempre de modo inciso e corajoso. Desassombrado era o meu amigo Artur! Sempre terno e meigo nas asseverações, que não era difícil de se apanhar, comovido, por entre os argumentos terçados.
Era imenso o prazer que mantinha no trato das palavras, remanso de consonâncias agudas e graves sobre a vida brasileira. Chamava-me a atenção quando eu errava ou era tendencioso em relação a algum político amigo seu. E quantos amigos recolheu entre políticos admirados, encantados por sua boa fé e conduta sem jactância. Orador desprendido, era incapaz de ofender adversários, mas sem querer, meio que a medo, lecionava para todos que respeitosamente o ouviam. Onde havia partidos, Artur plantava egrégoras!
Jamais deixava de sorrir com a frase espirituosa, encontrava o detalhe especial do cotidiano que alimentava os bons cronistas, sempre terminando os textos quando o leitor começava o próprio deleite e não ansiava pelo fim. Mas assim era o nosso Artur. Jornalista atilado, desvelando o véu das coisas sempre pelo lado bom e impedindo a condenação apressada que os venais descolorem nos panoramas.
Sua veia social-democrata destilava compaixão e a música lhe despertava a beatitude dos quase santos. Quando ouvia Mozart, Bach e Beethoven, fazia questão de demonstrar aos mais jovens que eles não mordiam, eram apenas seres normais que tiveram o privilégio de se aproximar de Deus. O seu bordão requintado sobre o prazer de ouvir música, que jamais nos deixará sozinhos, era o conselho de irmão mais velho para os que se deixam levar pelo desespero, o abandono e o desamparo.
Nesse mundo em desconcerto, Artur brindou-nos com o concerto do mundo. Mostrou-nos que harmonia, beleza e estética não precisam ser patrimônio das elites e de endinheirados esquisitos. E que a miséria do mundo está em não se conceder as oportunidades materiais e os privilégios espirituais aos mais fracos para que também se encantem.
Partiu Artur da Távola como viveu: como um passarinho. Sua chama se apagou por um chamado obsequioso de Deus, cuja contabilidade misteriosa e inefável nós desconhecemos. Sua obra permanecerá viva, entretanto, nos corações, bibliotecas, nos parlamentos e no ouvido do povo, que guardava silenciosamente suas belas crônicas, escritas com freqüência disciplinada nos grandes jornais.
Protetor das artes, Artur era um mecenas das melhores idéias, que, segundo Carlyle, são o ponto de inflexão e reflexão das grandes mentes. O corpo se esvai, mas a mente não se apaga, porque para nós, pobres mortais, se transforma em memória, e, para Deus, se recolhe em termos de imaginação.
Para mim, um pobre mortal, seu amigo e admirador, Artur deixou dedicatória, que os profissionais de Direito, que hoje, nesses tempos de agruras do Brasil estão em voga, me aconselhariam a guardar, pretextando ser bem “infungível”: “para o Waldo Luís Viana, alma de santo, coração de guerreiro, seu amigo Artur da Távola”.
Euclides da Cunha ensinava que é muito difícil se lidar com a saudade. Não é preciso a morte para sentir o gênio, como sonhava Tim Maia. Tom Jobim dizia que a inspiração vem de Deus e desce e aqui a gente estraga. No entanto, graças a Ele, em Artur a inspiração ficou intacta, numa gestalt eclética que muito poucos conseguiram alcançar.
Oh, meigo Artur, querido amigo, ensina-me a lidar com a saudade!

*Waldo Luís Viana é escritor, economista e poeta.
Teresópolis, 10 de maio de 2009.

Postado por Andréia Donadon Leal - Déia Leal

 

SANTAS MARIAS - GABRIEL BICALHO

Tela: Senhora da Assunção - Déia Leal

InBrasCI-MG apresenta belíssimo poema de GABRIEL BICALHO:



SANTAS MARIAS


gabriel bicalho
( mariana-mg /// 13/05/2009 )


MÃE:
impossível rima
pois que nos anima
ao difícil poema
do viver!

MÃE:
palavra sublime
embora não rime:
estrofe de amor!

MÃE:
meu possível verso:
semente da epopéia
de todo o universo!

MÃE:
plena de luz
do nosso berço
à nossa cruz!

MÃES:
PURA POESIA:
SANTAS MARIAS
TAL A MÃE DE JESUS!

Cinderelas, Lobos e Um Príncipe Encantado

Tela: Déia Leal - Cinderela

]] MEMBRO CORRESPONDENTE DO INBRASCI-MG em Brasília-DF, jornalista Luiz Carlos Rezende Linhares, envia:



Cinderelas, Lobos e Um Príncipe Encantado


O filme de Joel Zito Araújo estréia em circuito Nacional

na luta contra a exploração sexual


O documentário Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado estréia em circuito nacional no dia 18 de maio. O lançamento do filme faz parte das ações de mobilização, que acontecerão em todo Brasil, no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. O filme trata das intimas questões ligadas ao turismo sexual no Brasil e à dura realidade do tráfico internacional. Mulheres, travestis, crianças, são a ponta de um comércio que movimenta milhões de dólares e que envolve autoridades, estabelecimentos comerciais, exploradores diretos e indiretos e turistas estrangeiros que vem ao Brasil em busca de um ‘Pindorama Sexual’.

Joel Zito Araújo, diretor do longa, percorreu o nordeste brasileiro, e algumas cidades européias, em busca de depoimentos significantes para o entendimento da complexa questão. Era preciso conversar in loco com os personagens dessa tragédia real para entender o que leva uma menina à prostituição. Falhas na estrutura familiar? Imposição de uma sociedade de consumo num país de miseráveis? Falta de afeto? Falta de ações governamentais para cuidar desses jovens? De outro lado, era preciso também entender como agem os aliciadores. Como o lenocínio torna-se prática em todo o nordeste (e praticamente todo o Brasil) e alimenta uma rede enorme? Como o turismo sexual é visto por quem o pratica? Na ponta de lá, estão os homens europeus que vem ao Brasil em busca de prazer. O que pensam esses lobos do norte? O que vem, na verdade, buscar aqui? Que estigmas da escravidão e da segregação racial ainda estão abertos? Essas e muitas outras questões são levantadas ao decorrer do filme. Algumas questões serão respondidas.

A distribuição do filme, feita pela Pipa Produções, é baseada no conceito da Distribuição Criativa, onde ingressos gratuitos serão disponibilizados ao público, em pontos estratégicos, nas praças de exibição. A Secretaria Especial dos Direitos Humanos/Comissão Intersetorial do Governo Federal e Comitê Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes viram no filme uma forte ferramenta para ser utilizada no combate ao abuso e à exploração sexual. Assim, são parceiros nesse projeto de lançamento nacional e o filme será utilizado como peça fundamental das ações do dia 18 de maio e de seus desdobramentos.

O filme
Cerca de 900 mil pessoas são traficadas pelas fronteiras internacionais a cada ano exclusivamente para fins de exploração sexual. Entretanto, apesar de todos os perigos, jovens mulheres brasileiras ao entrar no mundo do turismo sexual acreditam que vão mudar de vida e sonham com o seu príncipe encantado. Uma minoria até consegue encontrar um grande amor e casar. O filme vai do nordeste brasileiro a Berlim buscando entender os imaginários sexuais, raciais e de poder das jovens cinderelas do sul e dos lobos do norte.

Duração: 107’52’’ /Cor / HD


Selecionado para
· Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro – Premiére Brasil 2008.
· 5º. Festival de Cinema de Arte – Salvador, Bahia. Out/2008.
· FIC - X Festival Internacional de Cinema de Brasília. Novembro 2008. Premio “Menção Honrosa”.
· Filme de Abertura da – I Mostra Internacional de Cinema sobre Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – Rio de Janeiro – Novembro 2008. Organizado pelo III Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
· II Encontro de Cinema Negro Brasil-África-América Latina. Rio de Janeiro- Nov.2008
· FESPACO – Burkina Fasso. Fev-2009
· Real Life Documentary Festival: A Pan-African Festival of Documentary – Ghana 2009
· The Museum of Modern Art's Premiere Brazil, 2009. NY-USA.


Biografia do diretor
Criador e diretor dos filmes A Negação do Brasil (vencedor do É Tudo Verdade 2001) e Filhas do Vento (8 kikitos no Festival de Gramado 2005). Realiza documentários desde 1988. Autor dos livros “A Negação do Brasil – o negro na telenovela brasileira” e “O Negro na TV Pública” (no prelo), e vários artigos sobre a mídia e a questão racial no Brasil. Doutor em Ciências da Comunicação pela ECA /USP.

18 de Maio
O 18 de Maio foi instituído pela Lei Federal No. n. º 9970/00 como do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A motivação para criação de uma data como mais um elemento de reforço ao enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, foi criar capacidade e mobilização dos diferentes setores da sociedade e dos governos e da mídia para formação de uma forte opinião pública contra ä violência sexual de criança e adolescente. Por outro lado a intenção é estimular e encorajar as pessoas a denunciarem/revelarem situações desse tipo de violência bem como criar possibilidades e incentivos para implantação e implementação de ações de políticas públicas capazes de fazer o enfrentamento ao fenômeno, no âmbito do combate à impunidade e de proteção e promoção às pessoas em situação de vítimas ou vitimização, conforme estabelece o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança e Adolescente.
A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973 em Vitória-ES um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda prescreveu impune.
Desde a criação dessa Lei a sociedade civil organizada promove atos de mobilização social e política na perspectiva de avançar no processo de conscientização da população sobre a gravidade da violência sexual e ao mesmo tempo impulsionar a implementação do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança e Adolescente aprovado pelo CONANDA em 2000, no marco dos 10 anos do ECA.
A partir de 2003 a mobilização do 18 de maio passou a ser coordenada conjuntamente pelo Comitê Nacional e o governo federal por meio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, contando com a parceria da Frente Parlamentar dos Direitos de Criança e do Adolescente do Congresso Nacional.
No próximo dia 18 de maio, com o filme Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado, haverá mais uma grande mobilização nacional na luta em favor de toda infância e adolescência brasileira.


Distribuição Criativa

O projeto foi idealizado por Isabelle Cabral, da Pipa Produções, como alternativa para produções cinematográficas com baixo orçamento, para atuar na distribuição, exibição e divulgação de filmes nacionais. Para isso, cria o conceito de Vale-cinema e Promoção Criativa e conta com apoios fundamentais de exibidores e produtoras locais, numa parceria inédita em prol do cinema nacional.

O vale-cinema é um ingresso subsidiado pelo patrocinador e é distribuído gratuitamente ao público.

Cinderelas, Lobos e Um Príncipe Encantado é o quinto filme lançado dentro do conceito da Distribuição Criativa. Serão distribuídos 1.000 ingressos em cada uma das sete praças de exibição e a rede de distribuidores criativos cuidará de todos os detalhes localmente (promoção do filme, distribuição, assessoria de imprensa, etc).



Ficha Técnica do Filme

Direção e produção executiva
JOEL ZITO ARAÚJO

Fotografia
ALBERTO BELLEZIA

Captação de som
ANTONIO MURICY

Produção e Assistência de direção
LUIS CARLOS DE ALENCAR

Montagem
MÁRCIA WATZL

Roteiro
Joel Zito Araújo
José Carvalho

Voz off
Joel Zito Araújo

Arte e Videografismo:
Fábio Arruda e Rodrigo Blaque – Cubículo

Produtores regionais:
Ceará:
FLOR FONTENELE E DANNY CAMPOS
Rio Grande do Norte:
JOLUZIA BATISTA E MÁRCIA MELO
Pernambuco:
FABIANA JANSEN E SHIRLEY HUNTER
Salvador:
PEDRO LÉO
Rio de Janeiro:
FLÁVIA OLIVEIRA
Berlim e Roma:
SIDNEY MARTINS

Produtor de Finalização:
Jorginho Cavalcanti

Assistência de Produção:
LUIZA ALMEIDA E ANTONIO GIL DOS SANTOS

Assistente de Edição:
MATHEUS OLIVEIRA

Consultores
EMMA CERVONE
HELENA OLIVEIRA SILVA
FABIANA GORENSTEIN

Finalização:
TELEIMAGE

Produção:
CASA DE CRIAÇÃO CINEMA


Serviço

Pré-estreias
18/05 – Recife
19/05 – Brasília
20/05 – Belo Horizonte
21/05 – Porto Alegre
22/05 – Salvador
23/05 – Fortaleza
24/05 - Belém

Estreias
22/05 – Recife, Brasília e Belo Horizonte
29/05 – Porto Alegre, Salvador, Fortaleza e Belém



Assessoria de Imprensa Nacional
Mais e Melhores Produções e Marketing
Paulo Almeida
(21) 2208 5952
(21) 8197 5600
paulo@maisemelhores.com.br
contato@maisemelhores.com.br


Assessorias Locais

Recife
Leandro Rolim e Fernanda Cardoso
(81) 9935 3049 e 9632-9963
produtorleandro@hotmail.com

Brasília
Wilma Lopes
(61) 9155-1307
wilmalopes2@gmail.com

Fortaleza
Mario Alves
(85) 8722-5350
marioalves30@hotmail.com

Belo Horizonte
Fabiana Ferrara
(31) 3296-4102 9717-1614
fabianamferrara@yahoo.com.br

Salvador
Dirceu Factum
(71) 8602-2321
dirceufactum@gmail.com

Belém
Sheila Faro
(91) 8877-8182
sheilafaro@yahoo.com.br

Porto Alegre
Tatiana Sager
(51) 9833-9803
satati@terra.com.br


Assessoria de comunicação do Comitê Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes:
Éryca Monteiro
(61)8484-6108
imprensacomite@terra.com.br

SONHOS - Ao Meu pai: Édson Batista da Silva

Andréia e Édson Batista da Silva
Andréia e Edson Batista da Silva



SONHOS
Andréia Aparecida Silva Donadon Leal
Ao meu saudoso pai, ÉDSON BATISTA DA SILVA


Hoje acordei com saudade de você, pai;
com saudade de vê-lo
valsar pelo salão na festa de meus quinze anos,
entrar na igreja de braços dados com minhas irmãs,
transcrever poemas na mesa da cozinha,
rir com meus irmãos...
Acordei com os jogos fractais do sol
em minha face sonolenta
e
voltei a sonhar com você:
entrou no quarto
com buquê de flores amarelas e brancas,
bandeja com bule de café e broinhas recheadas:
- Acorde, Andréia! Hoje é sua festa de quinze anos.

O sol secou as lágrimas que brotavam dos olhos
e voltei ao sonhar.
- Valse comigo, pai...
Estou esperando-o viver em meus sonhos
com uma saudade que desperta os sonos mais profundos
para voltar a sonhar com você.

Minha saudade é do tamanho dos sonhos
de vê-lo novamente...

sábado, 9 de maio de 2009

MOVIMENTO PAZ & POESIA - BELO HORIZONTE

IMAGEM: GABRIEL IMPAGLIONE - Envio: Clevane Pessoa
Palabra em el Mundo



MOVIMENTO PAZ & POESIA - BELO HORIZONTE



Édison Pereira de Almeida, Chanceler do InBrasCI-MG (Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais, do qual Clevane Pessoa é Diretora Regional em Belo Horizonte, MG e Andréia Donadon Leal é Governadora em Minas Gerais). Edison Pereira de Almeida, que reside em Portugal (a Chancelaria é na Ilha da Madeira), envia as belas palavras abaixo, quando contou sobre Palavras no Mundo.
Clevane Pessoa, idealizadora de PAZ & POESIA, pediu que cada País, fizesse ao mesmo tempo o Paz e Poesia. E agora, outros poetas do país oferecem o mesmo objetivo e desejo:o Universo conspira a favor da Paz e da Poesia mundiais, no coração, na alma dos Poetas, segundo Clevane Pessoa.

PALAVRAS DO CHANCELER: Clevane a unificação do SER em um só SER é a maior busca do SER, e assim esta unificação pela paz, tem todo sentido se realizar, parabéns a si ao povo argentino e todos que comungam pela PAZ em essência eterna. Bom final de semana! Édison Almeida http://www.unipaz.pt/

CLEVANE PESSOA INFORMA:

Amigos, se algum evento relacionado à Palavra acontecer, em qualquer parte do Mundo, de 14 a 17 de Março, enviem o release completo para Gabriel Impaglione (Argentina), que será incluído no Grande Movimento PALAVRA NO MUNDO.
O e-mail de Gabriel Impaglione ( Coordenador do Jornal Isla Negra. na Itália, Isola Nera, que é coordena pela Poetessa Gionamma Mulas, sua esposa).Veja o cartaz abaixo, DIVULGUE, SOME-SE a PALAVRA NO MUNDO!
Abraços;
Clevane Pessoa
Embaixadora Universal da Paz ,Vice-Presidente do IMEL(Instituto Imersão latina), Diret.Reg.do InBRasCI Instituto Brasileito de Culturas Internacionais);

Descrição do evento Arte pela Paz:
Trata-se de um evento sem fins lucrativos ou gastos, exceto as doações dos próprios organizadores, para pequenos gastos, se necessário e seu trabalho, com a ajuda de parcerias (ver abaixo).
Cada Poeta representa as academias, entidades e grupos aos quais pertence.
São distribuídos livros de Poesia , doados, novos ou semi-usados, sem danos, embrulhados em papel -fantasia, para presentear aos artesãos e artistas da chamada feira de artesanato(e arte).
A seguir, os Poetas pela Paz e Poesia, recitam.

No ano passado, foi a céu aberto, neste ano será na AMI(Associação Mineira de imprensa) .
Em 2007, Clevane Pessoa e staff distribuíram 152 mil poemas-não apenas na data, mas durante todo o ano, em vários eventos-1200 livros, doados pelos próprios organizadores e participantes, editoras, etc.
Neste ano, de 2009 , pretendemos mais doações de livros , pois os artesãos da feira chegam a quase 3000 pessoas, segundo Clevane Pessoa
Os livros são embrulhados em um mutirão de poetas voluntários e alguns são entregues já embrulhados.

Nota explicativa:O "BOI" é um folguedo de danças, do folclore brasieliro.Foi trazido a Belo Horizonte pelo artista e professor Severino Iabá, que o coordena com a fotógrafa e poeta visual Eliane Velozo.
O nome BOI ROSADO é uma homenagem ao grande escritor brasileiro João Guimarães Rosa,
inclisive com a distribuição aos passantes de rosas cor-de-roda.Para o evento Paz e Poesia, a maioria das rosas, será branca.
Rosas cor-de-rosa serão colocadas nas estátuas de bronze de autores mineiros, por exemplo, Carlos Drummond de Andrade, Pedro Nava, Fernando Sabino,Paulo Mendes Campos,que estejam no trajeto do desfile de poetas com o Boi.

Veja mais:
caminhosdorosa.blogspot.com/2008/07/cortejo-do-boi-rosado.html/

Objetivo geral:Celebrar a paz e a Poesia, mostrar a Cultura da Paz, como meio de expressão da POIESIS.

Objetivos específicos:distribuição de poemas impressos, confraternização entre os poetas participantes, distribuição de livros aos artistas e artesãos da Feira de Artesanato, na Av.Afonso Pena, em Belo Horizonte,MG, participação na escrita de versos em camisetas brancas(um poeta escreve no outro, com canetas próprias).

Desse Grupo (poetas Pela Paz e pela P oesia) são Embaixadores da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de la Paix):

Clevane Pessoa de Araújo Lopes
Angela Togeiro
Claudio Márcio Barbosa
Andreia Donadon.

(Por ordem de nomeação pela Presidente Gabrielle Simond,(Sede em Orange, França)

São Cônsules de Poetas del Mundo:os organizadores

Cônsul no Estado de MG:Bilá Bernardes.
*********************************************************************************
INTERNACIONALIZAÇÃO DO MOVIMENTO PAZ & POESIA

Gabriel Impaglione <poesia@argentina.com>
Assunto: CLEVANE: Paz e Poesia ( Urgente):
Acontecerá dia 17 de maio, de 2009-->Avisem aos demais Poetas pela Paz e pela Poesia Para: "Clevane Pessoa" <casasazuis@yahoo.com.br>
Data: Domingo, 26 de Abril de 2009, 13:54
- Cara amiga, como vai voce? Es posible que la actividad del 17 de mayo la incluyan en el marco de palabra en el mundo? Cae justo para incluirla pues se trata de reunir y generar actividades poeticas entre el 14 y 17 de mayo en todo el mundo.Y seria fantastico que la sumen al programa general de este "festival de poesia en todas partes".para ello solo deberian enviar los siguientes datos(...): y la incluimos en el programa..si ya esta hecho, no tienen nada mas que hacer que anunciar que esa actividad se suma a Palavra no mundo.Un cariño nuestro para ti Gabriel

PAZ & POESIA:


BRASIL-->BELO HORIZONTE, ESTADO DE MINAS GERAIS

lugar----> FEIRA DE ARTESANATO (AVENIDA AFONSO PENA; RUA DA BAHIA, ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE IMPRENSA E PRAÇA DA LIBERDADE.

dia------->:17 DE MAIO DE 2009, DOMINGO, DAS 10 ÀS 13 HORAS.


Organizadores------:"Poetas pela Paz e pela Poesia :

Em ordem alfabética: Antonio Carlos Dayrell; Brenda Marques Pena; Claudio Márcio Barbosa; Fátima Sampaio; Iara Abreu,Marco Llobus; Clevane Pessoa de Araújo Lopes,Bilá Bernardes, Brenda Marques Pena , Marco Llobus; Severino Iabá (Folguedo Boi Rosado, em homenagem a João Guimarães Rosa )
Participantes-->Todos os poetas que o desejarem e ainda :

Regina Mello (Museu Nacional da Poesia-MUNAP);
Wilmar Silva (aNome Livros e Terças Poéticas ) ;
Diretores da ONG Associação Arte pela Paz (Anderson Martins , Leonardo Rabello, Joubert );
Graça Campos,
Livia Tucci,
Tânia Diniz,
Wagner Torres (Plurarts),
Membros do Alô Vida
Ricardo Evangelista e Sueli Silva(Sarau Tropeiro)
Neuza Ladeira
Juan Fiorini
Ana Alcântara
Márcia Simões,
Carlos Lúcio Gontijo e Wilson Miranda ( AMI_Associação Mineira de Imprensa );
IMEL(*Instituto Imersão latina-Brenda Mars, Clevane Pessoa e staff )
Associação Aldrava Letras e Artes: Gabriel Bicalho, J.B.Donadon, Andreia Donadon, J.S.Ferreira ( InBrasCI-MG - Mariana, Academia de Letras do Brasil ),da cidade de Mariana , Brasil
Rosa Negra;
Rogério Salgado e Virgilene Araújo (Poesia na Praça Sere e Belô Poético);
Marília Siqueira (CLESI)
Darlan Tupinambá(Dimytrius)
Angela Togeiro.
Marco Aurérlio Lisboa

Esses e outros muitos poetas mais. Os Poetas representam suas entidades e academias:

Academia de Letras do Brasil/MG/Mariana, Academia Feminina de Letras (AFEMIL_Belo Horizonte), Academia de Letras de Conselheiro Lafayete (Conselheiro Lafayete-MG), Academia Municipalista de Letras (Belo Horizonte-MG), Academia Cachoeirense de Letras (Cachoeiro do Itapemirim/ES), InBrasCI, Aldrava Letras e Artes, Academia de Letras, Ciências e Artes de Neves (ANELCARTES-Neves, MG), Academia Dorense de Letras (Boa Esperança, MG), Academia de Trovas do RN (Natal), Associação Mineira de Imprensa-AMI - Belo Horizonte, MG), Instituto Imersão Latina(IMEL).Academia de Letras de Itajubá (ALI) .ONE(Organização Nacional dos Escritores-S.Paulo/Sorocaba/Brasil)) , Rede Cultural Catitu ( Presidente Marcos Llobus) ;InBrasCI (sede Rio de Janeiro, Presidente Marilza Albuquerque; Cercle de Les Ambassadeurs Univer. de la Paix (Genebra, Suiça) , UBT/BH ;CLESI (Clube dos Escritores de Ipatinga) ;AVSPE(Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores); Movimento Cultural aBrace (Nina Reis e Roberto Bianchi) ; Poetas del Mundo ;ALPAS XXI ;Imprensa ZAP (Elisabeth Misciasci );IWA (Inst.Internacional Writers and Artists-USA-Teresinka Pereira ),APPERJ, Oficina da Poesia-Sergio Gerônimo;UBT/Balneário de Camboriú(Gislaine Canales)

(Estes,Confirmados até agora)

Alguns Parceiros na divulgação e afins :

Aldrava Letras e Artes (Gabriel Bicalho e aldravistas),
ONG Associação Arte pela Paz;
Rest.Dona Preta;
Gráfica o Lutador, Gráfica Halt ;
Fiscais da Feira de Artesanato-Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
Sementes de Poesia
Galeria da Árvore
Casa Verde
Everi Carrara (Telescópio)

Divulgação Pela Internet (listagem em construção):

InBrasCI (Governadora Andreia Donadon e staff- Cidade de Mariana/MG)
Blocos On Line (Portal-Uhracy Faustino e Leila Miccolis)
Revista A Náusea
Areté Educar
Portal Mhário Lincoln
Jornal Aldrava cultural
Chancelaria do inBrasCi na Ilha da Madeira (Portugal, Edison Almeida)
Portal Vânia Diniz
Mulheres Emergentes->http://mulheresemergentes.blogspot.com/
http://muraldoescritor.ning.com(ana/.com(Ana da Cruz)
http://imersaolatina.blogspot.com/
Arete Educar (Gildázio Santos)
Joaquim Evónio (Varanda das Estrelícias-Portugal->http://www.joaquimevonio.com.br/)
Everi Carrara(Telescópio)
Dimytrhyus)
AVSPE(Malu Mourão, Efigênia Coutinho)
Gato Pingado
Voz do Escritor-UBES/PE (Alexandre Santos)
Heitor de Pedra Azul
Mural dos Escritores (Ana da Cruz)
Gaceta Literaria (Norma Segades-Manias)

Blogs:

http://poetaspoesiaepaz.blogspot.com/
http://achamarteblogspotcom..blogspot.com/
http://chamarteblogspotcom..blogspot.com/
http://poietisas.blogspot.com.br/
http://clevanepessoa.net/blog.php
http://muraldoescritor.ning/.
http://imersaolatina.blogspot.com/

Se o seu blog nos divulga e não está aqui, por favor, mande o link.
Obrigada
Clevane Pessoa.

Participem, divulguem! Participem, divulguem! Participem, divulguem! Participem, divulguem!

Postado por Andréia Donadon Leal - Governadora do InBrasCI-MG, Diretora do Jornal Aldrava Cultural, Presidente Seccional da CAPPAZ em Mariana-MG. (Confraria Artistas e Poetas pela PAZ) Vice-Presidente Nacional: Aníbal Albuquerque- Varginha.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Patrono do Grande Colar do Mérito Legislativo Municipal.

AFFONSO PENNA



Carta


]] AFFONSO PENNA BISNETO DIVULGA

Em 09/06/2009, às 19h, a Câmara Municipal de Belo Horizonte prestará significativa homenagem ao Presidente Affonso Penna, na qualidade de Patrono do Grande Colar do Mérito Legislativo Municipal. Anexo a carta recebida da Câmara e a capa do convite.
Convido os prezados parentes e amigos, principalmente aqueles residentes em Minas Gerais, para a cerimônia.
Abraços do Affonso Augusto Moreira Penna (Affonso Penna Bisneto)